O perigo do uso contínuo dos anti-inflamatórios

img_20081124_160128Muitos pacientes, ao menor sinal de dor de origem dental, recorrem a auto medicação como o uso de anti-inflamatórios. Porém, os riscos envolvidos são muitos e frequentes devido a que são estes o tipo de medicamento consumido sem critério, às vezes, diariamente. Os perigos são elevados não só para o fígado que processa o medicamento, mas também para outros órgãos.

Só se deve tomar determinados medicamentos com aconselhamento e apenas nas ocasiões indicadas. Por vezes, até um paracetamol ou outro analgésico resolve uma simples dor, mas até mesmo estes têm riscos e grandes.

No caso dos anti-inflamatórios, seu uso contínuo pode provocar hemorragias do estômago, do fígado ou do duodeno. Algumas dessas situações podem levar à morte, como, por exemplo, a hemorragia gástrica.

O que não podemos esquecer é que este medicamento apenas trata o sintoma da doença e não sua causa. Toda inflamação é a resposta do corpo a algum agente agressor, por isso, o que deve ser tratado é o agressor e não a resposta do organismo.

Os fatores que aumentam o risco de complicações no uso de anti-inflamatórios são: ter mais de 60 anos, historial de úlcera gástrica ou ter fatores de risco cardiovascular. Por fim, os medicamentos anti-inflamatórios têm a sua indicação dentro da farmacologia médica e odontológica, porém,  toda inflamação deve ser tratado pelo profissional competente e toda auto medicação sem critério deve ser evitada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s