Clareamento

Qualquer pessoa pode ter seus dentes clareados, desde que eles estejam íntegros, sem muitas restaurações. As principais técnicas de clareamento são:
Técnicas caseiras com uso de moldeiras individuais e gel clareador.
Técnicas utilizadas no consultório com ou sem o auxílio de fonte de calor.
Técnica usando trocas de curativos para dentes com escurecimento causado por tratamento de canal.

Todas são capazes de realizar o clareamento. O que as difere é o tempo que é levado para concluir uma técnica e outra.

Como funciona

As moléculas dos géis oxidantes (liberadores de oxigênio) penetram na intimidade do esmalte e da dentina, liberando oxigênio que, por sua vez, “quebra” as moléculas dos pigmentos causadores das manchas.

Técnicas

No consultório: o dentista isola os dentes para proteger a gengiva e aplica um agente oxidante forte. O uso de uma fonte de calor como luz de LED ou laser consiste na ativação do gel clareador especial sobre o dente de uma forma mais rápida que a convencional.
Em casa (doméstico): o paciente, sob a orientação do dentista, leva um gel oxidante fraco e um par de moldeiras individuais para usar diariamente em casa.
Dentes escurecidos pelo tratamento de canal: o dentista realiza trocas sucessivas de um curativo que fica dentro do dente por aproximadamente 1 semana.

Segurança

Como outros produtos e medicamentos médicos e odontológicos, quando usados corretamente conforme orientação, não promovem nenhum prejuízo à saúde geral.

Enfraquecimento dental?

Não há nenhum risco. A estrutura dental não é afetada.

O clareamento altera as restaurações já existentes?

Não. Mas o paciente precisa saber que talvez tenha que trocar ou retocar as restaurações antigas: uma vez que as restaurações não sofrem ação dos clareadores, parecerão mais escuras frente aos dentes clareados, causando desarmonia estética.

Idade para início do tratamento

Não há contraindicação específica quanto à idade.

Restrições alimentares e habituais

Durante o tratamento e um mês após a conclusão deve-se evitar fumar, tomar café, chá, beterraba, vinho tinto e refrigerantes a base de cola em excesso, enfim, alimentos que possuem pigmentos escuros.

O dente clareado pode escurecer novamente?

Sim. Mas nunca como era antes. Após 1 a 2 anos, pode haver a necessidade de uma manutenção.