Autocinese na Ortodontia

Autocinese, por definição significa: movimento espontâneo que se supõe que a matéria viva possui. Todo posicionamento dentário natural é baseado na autocinese do indivíduo. Na ortodontia, um tratamento permeado pela autocinese produz resultados muito mais individualizados e estáveis pois todo movimento ortodôntico será limitado pelo próprio paciente, ou seja, praticamento eliminamos a possibilidade de movimento dentário além do limite.

Nos aparelhos tradicionais com borrachinhas, existe um atrito causado pelo contato do arco, do braquete e da própria ligadura elástica. Para que se consiga gerar o movimento dentário, deve-se produzir uma força capaz de vencer primeiramente este atrito e só depois iniciar o movimento. Esta somatória de forças é sempre muito maior que a contraposição de forças causadas pela força da língua empurrando os dentes para frente e a força labial e da bochecha empurrando os dentes para trás. Desta forma, praticamente não existe resultado de tratamento com autocinese quando realizamos tratamentos ortodônticos com braquetes convencionais ou estéticos.

Ao contrário dos tradicionais, nos aparelhos autoligados, o atrito no sistema arco, braquete, ligadura é desprezível. Desta forma, todo tratamento é limitado pela autocinese. Desta forma, estimulamos o movimento dentário de uma forma muito mais natural e com aplicação de forças muito baixas. Isto produz um resultado muito mais saudável com estabilidade e menos efeitos colaterais do tratamento como reabsorção de raiz, recessão gengival, posicionamentos dentários inadequados, mobilidades dentárias, etc.

Acredito que os braquetes autoligados são o presente na ortodontia e deveriam ser os sistemas utilizados em todos os casos. É a tecnologia usada em favor da ortodontia. Encontramos muitos estudos científicos sérios provando a eficácia destes sistemas comparados com os sistemas convencionais. Infelizmente, muitos pacientes ainda não abrem mão do uso das borrachinhas apenas pelo apelo estético, ou ainda, pelo custo inicial do tratamento. Devemos quebrar este paradigma para proporcionarmos tratamentos melhores, mais rápidos, com menos prejuízo biológico e mais estáveis para nossos pacientes.

Uma opinião sobre “Autocinese na Ortodontia

  1. Pingback: Sistemas Beeg e Edgewise | Eduardo Carvalho - Ortodontia em Curitiba / PR - Dentista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s