Tártaro: o que é, como prevenir e como tratar

Também conhecido como cálculo dental, o tártaro, é a deposição de material mineral da saliva na superfície dos dentes. Ela é normalmente mais encontrada em regiões de saída das maiores glândulas salivares como a parótida na região dos molares superiores e a sublingual na região dos incisivos inferiores. Ele pode se formar tanto acima da gengiva como também sob a gengiva. Por ser um material bastante áspero, o tártaro facilita muito a adesão de placa bacteriana sobre sua superfície. Esta presença elevada de bactérias é que causa uma resposta inflamatória do organismo sob a forma de sangramento gengival, perda óssea e mobilidade dentária ou ainda a formação de cáries.

O tártaro não só prejudica a saúde dos seus dentes e gengiva, mas também pode comprometer bastante a estética. O cálculo dental possui coloração branca mas, por ser extremamente áspero, absorve a pigmentação de agentes externos como alimentos (café, sucos, refrigerantes e outros) e fumaça (cigarros, charutos e outros).

Ao contrário da placa bacteriana que é uma película incolor, o tártaro é uma formação mineral facilmente visível, se estiver acima do nível da gengiva. O sinal mais comum é uma cor marrom ou amarela nos dentes próximo a gengiva, além de uma predisposição ao sangramento durante a escovação ou uso do fio dental ou até mesmo espontaneamente. Tártaros localizados dentro da gengiva só são diagnosticados pelos dentistas.

Para a prevenção de doenças gengivais e cárie, não existe segredo. Somente a higienização correta, com escovação e uso do fio dental podem reduzir a formação da placa bacteriana. Algumas pessoas tem maior predisposição à formação do tártaro do que outras e isto normalmente não está relacionado tanto com a higiene bucal e sim com a composição da saliva, formato e posição dos dentes, aspereza da superfície do esmalte e até fatores hereditários. Por isso, é importante sempre realizar limpezas periódicas no dentista para controlar o acúmulo do mesmo. Depois de formado, só o dentista pode retirar o tártaro dos dentes. O processo de retirada do tártaro, feita com instrumentos especiais manuais ou com ultrassom, é conhecido como “raspagem”.

Como visto acima, dentes mal posicionados também favorecem o acúmulo de tártaro por isso, a ortodontia é também um indicativo de tratamento para prevenção de seu acúmulo. Pacientes em fase de tratamento ortodôntico aumentam muito a possibilidade de acúmulo pois os acessórios colados nos dentes são fatores de maior acúmulo de tártaro. Assim sendo, não se deve faltar as consultas periódicas mensais. Pacientes pós-tratamento normalmente fazem uso de contenção fixa na parte de trás dos dentes inferiores. Esta contenção também é um agente que propicia maior acumulo de tártaro e necessita de limpezas periódicas com maior frequência que o habitual.

3 opiniões sobre “Tártaro: o que é, como prevenir e como tratar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s