Gengivite: como prevenir?

A gengivite é o estágio inicial da doença inflamatória da gengiva. A causa direta da doença é a placa bacteriana – uma película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva.

Se a placa não for removida pela higiene bucal diária, ela produz toxinas (ácidos) que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite. Neste estágio inicial da doença gengival, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes às estruturas que suportam os dentes.

Os sinais característicos de gengivite incluem gengiva vermelha, inchada e sensível que pode sangrar durante a escovação, alimentação ou até espontaneamente. Outro sinal de doença é o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes uma aparência alongada. A doença gengival pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa. Algumas pessoas têm mau hálito freqüente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não estiver em estágio avançado.

Pacientes que usam aparelho dentário, implantes, próteses ou que possuam restaurações extensas estão mais sujeitas a esta doença, pois todos estes fatores contribuem para o maior acúmulo de placa e dificuldade de higienização.

Para prevenir a gengivite, é necessários sempre realizar uma escovação correta e usar o fio dental sempre após qualquer refeição, alimentação correta nutritiva, evitar cigarros e ir regularmente ao dentista para controle da placa. Pacientes que usam aparelho não devem faltar as consultas de manutenção pois como vimos acima, o acúmulo de placa nestes pacientes é grande e as manutenções periódicas tem como um dos objetivos o controle da placa.

Existem casos em que um dente nascendo pode causar uma gengivite localizada pelo acúmulo de placa entre o dente e a gengiva ou por causa da mastigação da gengiva que ainda se encontra sobre o dente. Neste caso, deve-se sempre procurar o dentista para avaliar a necessidade de remoção cirúrgica da gengiva que cobre o dente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s